Campo Bom entrega seu primeiro Plano Municipal de Turismo nesta quinta-feira (10)

Campo Bom está dando mais um grande passo no desenvolvimento de sua atividade turística. Na mesma semana em que a cidade comemora os 62 anos instalação político-administrativa, mais uma conquista ficará marcada: a entrega do primeiro Plano Municipal de Turismo de Campo Bom. A cerimônia será no saguão do Centro Administrativo, às 19h desta quinta-feira (10), e contará com a presença do prefeito Luciano Orsi, secretários, vereadores, Sebrae, Conselho Municipal de Turismo e imprensa. 
Construído em parceria entre Administração Municipal (por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo), Sebrae RS, Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e uma equipe de consultoria técnica, o plano visa fortalecer o turismo em Campo Bom e torná-lo cada vez mais relevante no desenvolvimento socioeconômico da cidade. 
O prefeito Luciano Orsi, que também preside a Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (Amvars), aponta que o plano está de acordo com a região do Vale Germânico, a qual Campo Bom faz parte, e que sua aprovação trará benefícios coletivos. “O documento foi criado seguindo princípios como o bem-estar da comunidade, desenvolvimento econômico e preservação da cultura local. Usamos este momento em que não podíamos realizar eventos presenciais para fazermos um trabalho técnico muito importante. O plano nos dá uma noção de quais são nossos potenciais e em quais áreas devemos investir”, destaca.
Orsi ainda lembra que uma das ações propostas pelo plano e que também é um projeto de sua Administração já está sendo colocado em prática, que é o estudo para implantação de um Centro de Eventos em Campo Bom. “Em parceria com a Feevale, estamos realizando um estudo técnico para avaliar a possibilidade de tornarmos realidade o centro de eventos”, aponta. 
Plano de Turismo é fundamental na busca de recursos
Conforme explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Henrique Scholz, o plano é importante para que os investimentos na área do turismo sejam realizados.  “O documento facilita o acesso aos recursos de emendas parlamentares e verbas para os fundos de turismo, por exemplo. Com eles, poderemos dar encaminhamento a projetos nesta área”, explica, afirmando que amanhã o plano será encaminhado para votação do Legislativo e, após aprovação, é sancionado pelo prefeito, tornando-se um documento oficial do município. 
Foto: Divulgação/PMCB

Leia  Novo decreto municipal em Sapiranga estabelece uso de máscaras em Igrejas

Deixe uma resposta