Cooperação da indústria criativa da Feevale vai fomentar economia de Campo Bom

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Campo Bom, Henrique Scholz, considera muito importante o acordo de cooperação firmado entre os municípios do Vale Germânico e a Universidade Feevale, com o propósito de conjugar esforços para a realização de projetos conjuntos de ensino, pesquisa, extensão e inovação e até de intercâmbio técnico-científico e cultural com vistas à potencialização da região turística que envolve nove cidades do Vale do Sinos, que é gerido pela Amvars – Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos.

“Já temos um ótimo trabalho visando o fomento dos nossos empreendedores nos setores industrial e comercial, como mostram os números do Caged que apontam saldo positivo de empregos no primeiro trimestre de 2021, mesmo em meio à pandemia. Essa nova parceria com a Feevale, certamente vai trazer um incentivo importante em outras áreas como a cultura e o turismo. Parabéns ao prefeito Luciano Orsi e à Amvars por essa visão empreendedora e nossa gratidão à Feevale por sua parceria”, comemora Scholz.

O ACORDO DE COOPERAÇÃO

O acordo de cooperação com a Universidade Feevale foi assinado na segunda-feira (3), pelo prefeito Luciano Orsi, como presidente da Amvars; o vice-presidente de Turismo da Amvars, Jerri Meneghetti; e o reitor da Feevale, Cleber Prodanov. Assim, toda a estrutura da indústria criativa da universidade estará envolvida no processo, desde atividades relacionadas a cinema, teatro, música, artes plásticas, passando pelo próprio turismo, indústria da moda, parte cultural, comunicação, arquitetura, entre outros.

“A Feevale tem se mostrado uma grande parceira das prefeituras e essa ação focada no fomento ao turismo certamente será um diferencial, tendo em vista a relevância do saber acadêmico que essa parceria permitirá”, destaca Luciano. Para o reitor da universidade, além de registros, documentos, pesquisas e qualquer nova experiência que o acordo proporcione, a oportunidade será ímpar para os alunos matriculados. “Eles poderão experimentar a vivência acadêmica na prática, cumprindo por um lado um objetivo de suprir as demandas da sociedade e, por outro, tornando-se melhores profissionais para o mercado”, argumenta Prodanow. 

Leia  Energia elétrica é cara ou muito cara para 84% dos brasileiros

A Indústria Criativa da Feevale se caracteriza por ter na criatividade e no capital intelectual seus principais valores. Sua natureza interdisciplinar exige processos de colaboração e cooperação que articulem habilidades criativas e habilidades de gestão. Busca, assim, novos conceitos, produtos, conteúdos, bem como sua realização em novos e diferentes modelos de negócios melhor adaptados ao mundo contemporâneo. Em seu conjunto de atividades, abrange as artes, os jogos, a comunicação, o design, o audiovisual, a computação, a tecnologia e outras áreas que se estruturam a partir da criatividade.

Deixe uma resposta